Partilhar

É errado repreender os cães?

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 9 novembro 2017
É errado repreender os cães?

Ver fichas de  Cachorros

Os cães nem sempre se portam bem, no entanto, repreender um cão não é uma solução eficaz para que deixe de levar a cabo um comportamento que não nos agrada. Isto acontece porque a maioria dos problemas de comportamento estão diretamente relacionados com as carências nos cuidados básicos.

O seu cachorro tem comportamentos inadequados? Não sabe como agir quando não lhe faz caso? Nãos sabe o que fazer quando parte alguma coisa? Todas estas situações são mais habituais do que pensa e muitas pessoas estão passando pelo mesmo.

Continue lendo este artigo do Perito Animal e descubra se é mau repreender os cães e como devemos agir quando se portam mal.

Também lhe pode interessar: Como repreender o meu gato

Repreender o cão em determinadas circunstâncias é um erro grave

Entender o comportamento e a comunicação natural do cão nem sempre é fácil, especialmente se o nosso melhor amigo fez alguma façanha e estamos bravos com ele. No entanto, as suas expressões, os sons e a posição que adota pode revelar muito sobre aquilo que devemos fazer:

Por exemplo, se um cão rosna está nos alertando e dizendo para o deixarmos em paz, que está passando mal e que não quer que continuemos com o que estamos fazendo. Nestes casos repreender e ralhar com o cão pode ser contraproducente uma vez que estamos dizendo que rosnar é mau e que deve passar diretamente à mordida. Averigue porque o seu cão rosna antes de o repreender. Algo parecido acontece quando mostram os dentes e cerram os olhos, o significado é muito parecido ao do rosnar: não me chateie!

Outra circunstância em que nunca devemos repreender um cão é quando advertimos algum dos problemas de comportamento habituais nos cães. A ansiedade por separação (chegamos a casa e encontramos tudo quebrado e mordido, o cachorro latindo de forma incessante, etc) os medos e fobias e outras condutas que não sejam positivas e normais devem ser avaliadas por um profissional. Repreender um cão que tem problemas de comportamento vai gerar estresse e nervosismo, piorando assim o problema que já tinha.

Se observar o seu cão com as orelhas abaixadas, o rabo entre as pernas ou tentando cheirar é sinal que está a passar um mau bocado e que tem medo de si. Não continue com esta técnica.

Além disso, não devemos esquecer que bater em um cão é considerado como maus-tratos a animais. Deve tratá-lo como trataria o seu próprio filho: recorrendo a especialistas se observar algum problema relativo à sua saúde ou comportamento e tentado entendê-lo através da positividade e do conforto. Se não considera eliminar o castigo do seu dia a dia, é melhor que não tenha um animal tão nobre como é o cão a seu lado.

É errado repreender os cães? - Repreender o cão em determinadas circunstâncias é um erro grave

Como devemos agir diante de um mau comportamento?

Se o seu cachorro se comporta mal de forma regular deveria planejar uma ida a um especialista como por exemplo um etólogo: um veterinário especializado no comportamento canino. Através da observação da sua conduta e o conhecimento básico dos hábitos e cuidados do cão, o etólogo será capaz de lhe oferecer um diagnóstico e umas pautas a seguir diante das condutas negativas.

Revisar as 5 liberdades do bem-estar animal pode ser uma pequena orientação na hora de saber se está cumprindo ou não com os cuidados imprescindíveis para o cão. Por exemplo, a falta de passeios pode propiciar o aparecimento de nervosismo e condutas destrutivas enquanto que um cão que vive na rua ou passa demasiado tempo sozinho pode sentir-se abandonado e portanto pode começar a gerar condutas repetitivas e destrutivas para chamar a nossa atenção de alguma forma.

Quando surpreendemos o nosso cão com uma conduta que não é a ideal devemos tentar dar a volta e redirecionar o seu comportamento para algo que nos agrade. Por exemplo, se o nosso cão morde todos os nossos móveis devemos aproximarmo-nos rapidamente com um brinquedo e felicitá-lo quando o morder. Se o cão urina em casa não o repreenda: deve prever quando vai urinar na próxima vez e adiantar-se aos acontecimentos descendo rapidamente à rua. Aí deve felicitar entusiasticamente para que se lembre onde o deve fazer.

Como pode observar, estamos baseando toda a educação do cão no reforço positivo. Porquê? É o método utilizado pelos adestradores caninos e etólogos em todo o mundo, uma vez que não propicia o degradamento dos problemas de comportamento e tem uma grande vantagem: ajuda o cão a compreender melhor. Além disso, melhora a vossa relação e gera uma premissa de bom comportamento = prêmio, que nos ajudará a melhorar todos os aspetos que queremos trabalhar com ele.

A prática constante de obediência, paciência, reforço positivo, respeito e afeto sincero para com o animal irá ajudar a alcançar uma melhor relação e portanto a trabalhar de forma apropriada os problemas que possam surgir sem o uso do castigo.

É errado repreender os cães? - Como devemos agir diante de um mau comportamento?

Se deseja ler mais artigos parecidos a É errado repreender os cães?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Escrever comentário sobre É errado repreender os cães?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

É errado repreender os cães?
1 de 3
É errado repreender os cães?

Voltar ao topo da página