Cuidados básicos

Cuidados de canários

Vanessa Lopes
Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. 2 agosto 2016
Cuidados de canários

Os cuidados de um canário são simples, no entanto eles precisam de um constante seguimento para termos a certeza de que está tudo bem e que o nosso adorado pet se mantém saudável e vital no seu pequeno habitat.

De seguida vamos lhe explicar todos os cuidados que requer e que o seu canário precisa, continue lendo este artigo do PeritoAnimal para ter a certeza que está a fazer tudo de forma correta.

Também lhe pode interessar: Cuidados do Diamante de Gould

Índice

  1. Gaiola
  2. Poleiros das gaiolas
  3. Higiene
  4. Alimentação do canário
  5. Controle de parasitas
  6. Ambiente do canário
  7. Muda do canário

Gaiola

A gaiola do canário deve ser espaçosa e grande, de preferência na largura, para que a ave se possa exercitar adequadamente. A gaiola é o seu habitat, a sua casa, por este motivo é importante que seja adequada e agradável para ela.

Alguns criadores e especialmente aqueles que se dedicam aos concursos de canto costumam oferecer-lhes gaiolas muito reduzidas para potenciar o canto. Na nossa opinião, isto trata-se de uma muito má prática pois este comportamento gera estresse e mal-estar nas pequenas aves, reduzindo assim a sua esperança de vida entre outros fatores negativos.

Cuidados de canários - Gaiola

Poleiros das gaiolas

Juntamente com a gaiola, deverá adquirir uns poleiros de plástico. Ao invés de comprar de plástico, também pode pensar em adquirir ramos naturais uma vez que desgastam as unhas, exercitam as patas e proporcionam uma posição mais confortável para os canários.

Se não encontrar à venda, pode fazê-los com ramos de uma árvore de fruto, sempre sem tratamento nem terem sido envernizados. Além disso, é importante saber que não deve situar os poleiros ou o recipiente da comida debaixo de outros poleiros, caso contrário os excrementos vai cair em cima deles.

Cuidados de canários - Poleiros das gaiolas

Higiene

Não manter uma higiene regular na gaiola dos seus canários pode causar doenças graves no futuro. Para isso, limpe a gaiola a fundo e com um desinfetante natural e não prejudicial, pelo menos uma vez por semana. Deverá limpar também os ramos, comedouros, bebedouros, fundo, balanços e limpar também a rede da gaiola.

Os restos de alimentos caídos como fruta e verdura que se podem apodrecer também se devem retirar, isto deve ser feito com mais frequência. Também deverá mudar uma vez por semana todo o alimento da gaiola, pois apesar de serem sementes elas podem se estragar.

Cuidados de canários - Higiene

Alimentação do canário

Ter cuidado com a alimentação do canário é imprescindível para o seu bem-estar, desenvolvimento físico e saúde. Para isso, oferecer-lhe misturas, frutas e verduras, cálcio, água e suplementos na medida e variedade certa.

Cuidados de canários - Alimentação do canário

Controle de parasitas

Tal como em outros pets, pode acontecer que o nosso canário sofra de uma infestação de ácaros ou pequenos parasitas. Para isso, é recomendável ir ao veterinário para este verificar se o nosso canário sofre de parasitas e que em situações os spray comuns que encontramos à venda podem servir para ele. É importante não aplicar produtos dos quais desconhece a sua eficácia ou utilização.

Para prevenir os parasitas será suficiente aplicar no canário uma gota de uma pipeta para cães uma vez a cada dois ou três meses e oferecer banhos regulares assim como uma observação da sua plumagem.

Por vezes, pessoas com pouca experiência em aves, confundem a muda ou qualquer mudança na plumagem com parasitas, por este motivo é recomendável ir sempre ao veterinário.

Cuidados de canários - Controle de parasitas

Ambiente do canário

Deve ter o seu canário num ambiente tranquilo e relaxado no qual possa contar com um pouco de luz natural. No verão, pode colocá-lo na varanda devidamente protegido e com um pequeno espaço de sombra. Deve evitar as correntes de ar, pois são muito prejudiciais para as aves que podem sofrer rapidamente de um resfriado.

O canário entende o processo de horas de luz e escuridão como uma medição para começar a muda ou a reprodução. Por este motivo, embora viva no interior, deve ter horários minimamente fixos nos quais possa levar a cabo este processo.

Na hora do pôr do sol, quando vir que começa a relaxar e a subir para o ramo mais alto, tape-o, se for versão será suficiente cobrir um pouco a parte de cima da gaiola.

Muda do canário

A muda do canário costuma ocorrer no final do verão e na maioria das vezes, ao viver no interior da casa costumam ter mudas alteradas, prolongadas ou tarde.

Tente não alterar o fotoperíodo natural dos canários assim como a temperatura ou outras condições ambientais. Siga uma estabilidade para manter o seu canário feliz.

Cuidados de canários - Muda do canário

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cuidados de canários, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados básicos.

Escrever comentário
Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Lucas
Meu canário espanhol fica batendo o bico não canta e não pia tá fazendo uns ruídos como se estivesse rangendo dentes o que eu faço?
Equipe editorial do PeritoAnimal (Editor/a de PeritoAnimal)
Olá, Lucas. Recomendamos que procure um veterinário para que ele possa analisar o que está acontecendo com o canário!
1 de 7
Cuidados de canários