Cuidados com um gato albino

Cuidados com um gato albino

O albinismo é uma doença congênita em que observamos uma ausência parcial ou completa de pigmentação na pele, olhos, cabelo ou, no caso de animais, no pelo. Essa desordem genética acontece devido a um defeito na produção da melanina, responsável pela coloração em nosso corpo. Os gatos também podem ser afetados pelo albinismo.

É importante compreender que um gato albino requer cuidados especiais devido às características desta condição, pois ele poderá sofrer problemas relacionados, como surdez, cegueira, câncer ou vermelhidão dos olhos.

Por isso, continue lendo o PeritoAnimal para conhecer melhor os cuidados com um gato albino. Também falaremos como diferenciar um gato branco de um gato albino e daremos as melhores dicas para promover a saúde e bem-estar do seu companheiro felino!

Gato albino ou gato branco?

Nem todos os gatos brancos são albinos, mas todos os gatos albinos são gatos brancos.

Como diferenciar um gato albino de um gato branco?

O albinismo em gatos, além de uma pelagem branca pura com ausência total de manchas de outra cor, também se manifesta nos olhos que geralmente são ambos azuis, ou bicolores (um de cada cor). Outra característica relevante é o tom da epiderme que, em gatos albinos, tem um tom rosado, que também transparece em seu focinho, pálpebras, lábios, orelhas e almofadas.

Se um gato tem pelo completamente branco, mas seu tom de epiderme é de um tom branco-acinzentado, seu nariz é escuro e seus olhos são verdes ou de outras cores (inclusive azul), isso significará que o gato não é albino apesar de ser branco.

Doenças relacionadas ao albinismo

O gato albino tem predisposição a algumas doenças. A seguir, apresentaremos algumas delas.

Surdez em gatos albinos

O gato albino tem uma tendência a sofrer surdez parcial ou total, causada pela alteração do gene autossômico W. Muitos outros animais albinos têm esta mesma deficiência. No passado, considerava-se que os animais albinos possuíssem algum tipo de retardo mental, mas isto não é verdade. Obviamente, o fato de ser surdo causa dificuldades de compreensão por parte do gato, mas não afeta sua inteligência.

A surdez no gato albino é consequência de uma má-formação irreversível do ouvido interno. A surdez pode ser total ou parcial, como já mencionamos anteriormente. Há até mesmo gatos albinos que não são surdos. A surdez é detectada quando o gato é filhote porque ele não atende a chamadas pelo nome. Devemos aprender a nos comunicar eficientemente com eles.

Se você suspeitar que seu gato sofre de surdez, será importante rever os cuidados dos gatos surdos para ajudá-los a se comunicar e viver sem esse sentido.

Como no caso dos surdos, é possível uma boa comunicação com os gatos albinos surdos. Esta comunicação é feita através de gestos, que o gato aprende a discernir com um pouco de treinamento. Inclui também os gestos faciais de nosso rosto.

Os gatos albinos surdos são sensíveis às vibrações, por este motivo, eles entendem quando uma porta se fecha, ou a aproximação de nossos passos. É muito perigoso para os gatos surdos saírem sozinhos na rua, pois o risco de serem atropelados é muito alto.

A epiderme do gato albino

Os gatos albinos possuem uma grande sensibilidade de sua epiderme à ação dos raios solares. Isto significa que devemos protegê-los da exposição direta ao sol entre o meio-dia e 17 horas. Sua derme pode sofrer queimaduras graves, ou desenvolver câncer de pele. Estatisticamente, há mais casos desta doença entre gatos albinos do que entre outros gatos mais comuns.

É imperativo que o veterinário prescreva algum creme ou protetor solar, não tóxico, para aplicar ao gato albino em seu nariz. Devemos cuidar dele, controlando sua exposição ao sol.

Ainda não fizemos um artigo específico sobre protetor solar para gatos, mas temos este outro sobre protetor solar para cachorro que talvez seja útil.

A cegueira e o cuidado com os olhos do gato albino

Os gatos albinos não toleram luz muito brilhante. Há casos extremos de albinismo em que os brancos dos olhos do gato são rosados, ou mesmo avermelhados. No entanto, à noite eles vêem ainda melhor do que outros gatos. O albinismo é uma falta de melanina no corpo do gato.

Se você suspeita que seu gato possa estar sofrendo de cegueira, é muito importante visitar um veterinário o mais rápido possível para que ele possa lhe oferecer o conselho mais apropriado para o seu caso. Além disso, você também pode ler nosso artigo sobre como cuidar de um gato cego.

Outra questão que destacamos é que é comum que os gatos albinos apresentem estrabismo (gato vesgo) ou, ainda, nistagmo, que é quando há um movimento involuntário do globo ocular.

Dicas de como cuidar de um gato albino

Aqui resumimos e adicionamos mais algumas dicas que podem melhorar ainda mais sua relação com o seu gato albino e que visam, principalmente, proporcionar a ele bem-estar e qualidade de vida.

  • Para comprovar que seu gato branco é um gato albino, leve-o ao veterinário. Lá ele poderá fazer uma análise genética e comprovar a condição do felino.
  • Faça um teste de audição no gatinho. Saber se ele é surdo ou não muda a forma como você tem que lidar com ele. Lembre-se de um gato surdo não deve sair livremente para a rua pois pode ser atropelado ou atacado por outro animal sem nem mesmo perceber sua chegada.
  • Usualmente os gatos albinos vivem menos que os gatos saudáveis. Por isso recomendamos a castração do felino, até mesmo para não propagar sua genética.
  • Alguns gatos albinos evitam passear ou brincar devido à sensibilidade de sua visão e, por isso, podem ficar mais tristonhos e abatidos. Por isso, oferecer um bom enriquecimento ambiental por meio de jogos e sempre utilizando brinquedos de cores fortes e que emitem sons são extremamente importantes
  • Lembre-se de sempre vigiar sua exposição ao sol. Uma exposição prolongada pode provocar graves problemas de saúde em um gato albino.
  • Se você tiver qualquer dúvida, não existe em entrar em contato com um veterinário.
  • Ofereça muito amor a ele e certamente vocês terão uma vida muito feliz juntos!

Agora que você sabe tudo sobre os gatos albinos, não deixe de ver o seguinte vídeo em que falamos sobre as 10 doenças mais comuns nos gatos:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cuidados com um gato albino, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados básicos.

Bibliografia
  • NOAH. The National Organization for Albinism and Hypopigmentation. Disponível em: <https://web.archive.org/web/20050123023105/http://www.albinism.org/publications/index.html>. Acesso em 30 de março de 2021.
  • TERRA. Todo animal branco é albino? Descubra. Disponível em: <https://www.terra.com.br/noticias/educacao/voce-sabia/todo-animal-branco-e-albino-descubra,3f98da38d43da310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html>. Acesso em 30 de março de 2021.
  • umCOMO. Como saber se meu gato é albino. Disponível em: <https://animais.umcomo.com.br/artigo/como-saber-se-meu-gato-e-albino-13898.html>. Acesso em 30 de março de 2021.