Conselhos para fotografar gatos

Conselhos para fotografar gatos

Como todo o pai, está completamente apaixonado pelo seu gato e claro, acha que é o gato mais lindo do mundo. Ele passa o tempo fazendo coisas engraçadas e interessantes ou simplesmente passeando lindo e você não consegue tirar aquela foto que queria. Certamente que você tem um celular ou o SD da sua máquina de fotografar cheia de fotos do seu amiguinho peludo.

O que mais gosta de todo este processo é mostrar as fotos aos seus familiares e amigos para que eles mesmo vejam que tem um super gato, e que se apaixonem tanto como você por ele. O problema é que muitas dessas fotos, não lhe saem tão bem como gostaria e nunca chegam a ser mostradas.

Em seguida, neste artigo do Perito Animal reunimos os melhores conselhos para fotografar gatos. Com este pequeno guia acabará por virar o melhor fotografo do seu gato e irá conseguir os melhores resultados para que possa mostrar as suas fotos com o maior orgulho.

Captar a sua atenção

Evite forçar o seu gato a fazer algo que não quer fazer. Trate-o sempre com muito respeito e aposte na sua natural curiosidade. Pode utilizar brinquedos, guloseimas ou até alguma comida para chamar a sua atenção.

Se quer fotos onde ele esteja quieto mas um pouco atento, um bom momento para o fotografar será uns minutos depois de acordar da sua sesta. Como acordou faz pouco tempo, não estará demasiado inquieto.

É melhor ficar ao seu nível

Agache-se e fotografe o seu gato desde o seu nível de altura. Um erro muito comum é querer captar a atenção do gato desde a nossa altura. Quando olhamos para baixo, reduzimos tanto o gato que não chega a ser proporcional com a paisagem que rodeia. Disparar à sua altura aumentará as possibilidades de o seu gato olhar direto para a câmera e conseguir disparar um bonito retrato.

O ponto de foque deve encontrar-se sempre nos olhos do gato, desta forma, criará tensão positiva na sua foto, ou seja, mais emoção. Uns olhos fora de foco são sinal de uma má fotografia. Dependendo do enquadramento que escolher, certifique-se que não cortas as orelhas, as patas ou cauda do seu amiguinho na fotografia.

O momento certo

Se quer obter fotos espetaculares, deverá ter a câmera consigo a todo o momento. Os momentos mais espontâneos serão sempre os mais bonitos e interessantes. Seja paciente, pode ser que demore, mas esse "momento decisivo" certamente que irá chegar. O seu gato não vai ficar à espera que consiga a foto perfeita, e dificilmente terá o mesmo comportamento mais que uma vez. Mantenha-se atento, mas também não viva pensando nisso.

O melhor é aprender a conhecer a personalidade e comportamentos do seu gato. Tente fotografá-lo sendo simplesmente ele, a fotografia será ainda mais pessoal. Assim que estiver em pé, deitado da forma que quer ou saltando, é o momento de disparar.

O melhor momento para fotografar o seu gato é ao entardecer. A luz é mais suave, portanto, as sombras na sua cara e pele serão muito menores. A luz natural é sempre a melhor opção, especialmente, quando o seu felino está dando um passeio sobre a grama ou escalando árvores.

Não é um personagem de caricaturas

Lembre-se que o seu gato não é um personagem cômico animado. Os gatos são criaturas elegantes e graciosas, assim sendo evite as fantasias e disfarces ou maquiagens ridículas. Não o obrigue a poses que não são próprias dele. Tente fazer coisas divertidas e peculiares com o seu gato, mas sempre realçando as suas atitudes e qualidades felinas.

Outro fator que os pode transformar em personagens estranhos são os olhos vermelhos. A luz do flash ressalta na parte superior dos olhos do gato e reflete-se na lente. Como eliminar isso? A melhor opção é evitar o flash por completo e usar mais luz natural ou a luz artificial que tiver disponível no local.

Outros conselhos

  1. Experimente usar diferentes ângulos mas tenha consciência dos ângulos bons e maus do seu gato. Se sentado parece um poco mais largo, então captá-lo enquanto está esticado ou quando está de pé talvez seja a melhor opção. Prove os seus perfis, certamente que serão fantásticos.
  2. Capture o contraste entre o seu gato e o fundo. Se o seu gato é preto, ficaria muito bem diante de uma parede totalmente branca, além disso, é uma boa oportunidade para experimentar a técnica do preto e branco.
  3. Falando em cenário, também não se deve esquecer dele, use-o a seu favor. Enquadre o seu felino em um fundo bonito e expressivo. Ajudará a dar um pouco de profundidade à foto.
  4. Se quer fotografar o seu gato enquanto está correndo ou saltando, não o alimente antes. Pode cari-lhe mal.
  5. Entre os momentos mais lindos para fotografar gatos encontra-se a hora da sesta. Verá como o seu gato tem posturas mais ternas e curiosas, perfeitas para congelar em uma foto. No entanto, trate de não fazer nenhum ruído, o seu gato pode parecer dormir de uma forma muito profunda, mas ao menor barulho irá acordar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Conselhos para fotografar gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.