Características dos cães albinos

Características dos cães albinos

Os cães albinos apresentam as mesmas doenças que outros animais albinos. Isto faz com que a perspectiva sobre o albinismo não seja diferente quando consideramos os cães. E muitas vezes esta perspectiva gera controvérsia, especialmente quando não existe informação suficiente sobre o tema.

Alguma pessoa alegam que o albinismo não é uma característica desejável nos cães porque traz associadas muitas deficiências biológicas. Certamente esta é a visão predominante em muitos padrões de raças de cães. Outras pessoas alegam que os cães albinos podem viver bem se receberem os cuidados necessários e, assim sendo, não haverá nenhum problema em permitir a sua reprodução. No entanto, e sem ignorar que os cães albinos merecem amor e os cuidados necessário, há que ter em conta que estes cães são mais propensos a problemas de saúde que podem limitar a sua qualidade de vida e inclusivamente causar dificuldades muito sérias em alguns casos.

Portanto, se tem um cão albino ou pensa adotar um, é importante que conheça através do Perito Animal as características dos cães albinos e como se faz o diagnóstico do albinismo. Desta forma terá um bom ponto de partida para compreender os cuidados que um cão albino requer.

Características dos cães albinos

Embora as características dos cães com albinismo possam ser semelhantes às de outros animais albinos, esta condição apresenta certas particularidades no melhor amigo do homem. Para começar, ainda não se descreveu completamente a existência de cães com albinismo. Ou seja, todos os albinismos descritos na literatura técnica e científica sobre cães, são albinismos parciais.

Inclusivamente os cães em que parece estar completamente ausente a melanina, tem um pouco de pigmento, só que em alguns casos está tão diluído que parecem cães com albinismo completo. O albinismo parcial, por seu lado, significa que existe alguma quantidade de pigmento e, portanto, pode ser confundido com outras condições. Talvez seja por isso que muitas vezes se confunde com os cachorros brancos com cachorros albinos, mais ainda por causa da cor do pelo.

No entanto, as características principais de um cão albino são as seguintes:

  • Pele rosada ou com pigmentação muito suave. A pele dos cães normais apresenta pigmentação notória, inclusivamente no pelo branco, o que pode ser visto separando o pelo do lombo. Por outro lado, a pele dos cães albinos é muito clara e costuma ser rosada. Alguns cães albinos podem apresentar sardas e sinais, mas a pigmentação geral é quase nula.

  • Nariz rosado. Os cães albinos têm o nariz rosado ou de cor muito pálida devido à pouca pigmentação da pele. No entanto, nem todos os cães com nariz rosado são albinos. Um cão com o nariz rosado mas com pigmentação na pele, lábios, pálpebras e olhos não é albino.

  • Lábios e pálpebras despigmentadas. Os lábios e pálpebras são outros indicadores de albinismo. Quando são rosados, existe a possibilidade de o cão ser albino. No entanto, tal como acontece com o nariz, nem todos os cães de pálpebras e lábios rosados são albinos.

  • Olhos muito claros. Os cães albinos costumam apresentar olhos celestes, cinza ou verdes, todos muito pálidos. Ocasionalmente apresentam olhos castanhos claros. Mais uma vez, nem todos os olhos claros são albinos. Os olhos rosados são comuns em outros animais albinos, mas raros nos cães.

Infelizmente, as características anteriores podem ser confusas e dar lugar a diagnósticos errôneos. Muitos cães têm uma ou mais dessas características sem serem albinos e alguns cães albinos podem passar por cães normais. Ou seja, o diagnóstico de albinismo deve ser feito por um veterinário qualificado neste team.

Diagnóstico do cão albino

Embora se tenha feito muita investigação sobre o genoma canino e as doenças hereditárias dos cães, pouco se sabe sobre o albinismo. Acredita-se que os genes envolvidos podem estar nos loci C e P (loci são as posições que os genes ocupam nos cromossomas), tal como acontece com outros mamíferos. No entanto, ainda não existe informação 100% conclusiva.

Infelizmente, o diagnóstico absolutamente confiável de albinismo em cães só se poderá fazer através de análises genéticas, mas como não contamos com marcadores genéticos apropriados, apenas se pode fazer com base em características visíveis.

Assim sendo, é necessário que a pessoa encarregada de fazer o diagnóstico do albinismo seja um profissional com experiência no tema. Idealmente deveria fazê-lo um veterinário com alguma especialização em genética, mas também o poderá fazer o próprio criador do cão se tiver conhecimentos suficientes sobre o tema e um bom registro de pedigree dos seus cães.

Não confie em qualquer pessoa que lhe diga que um cão é albino. Os cães albinos nem sempre se diagnosticam de forma confiável. Não basta que o cão seja branco ou que tenha um nariz rosado para dizer que é albino.

Se tem dúvidas sobre o seu cão ou um cão que pretende adotar, procure os conselhos de um veterinário da sua confiança, porque os cães albinos são propensos a certas doenças e precisam de cuidados especiais.

Visite também os seguintes artigos que podem ser do seu interesse:

  • 10 raças de cães mais propensas à obesidade
  • 10 coisas que deve saber sobre os cachorros

Se deseja ler mais artigos parecidos a Características dos cães albinos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.