Anti-inflamatórios naturais para gatos

Anti-inflamatórios naturais para gatos

O uso de fármacos humanos pode ser muito perigoso para os nossos pets se estes não tiverem sido prescritos pelo veterinário, do mesmo modo, muitos fármacos veterinários, apesar de serem corretamente administrados, podem acarretar diversos efeitos colaterais na tentativa de tratar algumas das doenças mais comuns nos gatos.

Os efeitos colaterais de alguns medicamentos veterinários são potencialmente perigosos quando se tem que seguir um tratamento por períodos de tempo prolongados, é então que precisamos de proteger a saúde do nosso gato de uma forma mais natural no que diz respeito ao seu organismo.

Neste artigo do Perito Animal explicamos-lhe os melhores anti-inflamatórios naturais para gatos.

O processo de inflamação nos gatos

Os processos inflamatórios não são muito diferentes se se produzem no organismo de um gato ou no nosso organismo, em ambos os casos a inflamação pode dever-se a causas muito diversas, entre as quais podemos destacar um traumatismo, um doença óssea ou uma doença vírica, fúngica ou bacteriana. O processo inflamatório é mediado por várias reações químicas, mas acaba por se caracterizar pelos seguintes sintomas:

  • Tumor: faz referência ao inchaço que se produz nos tecidos inflamados.

  • Rubor: por maior irrigação sanguínea podemos observar as zonas inflamadas de uma cor mais vermelha, isto torna-se especialmente evidente quando a inflamação se produz devido a feridas.

  • Calor: também devido a uma maior irrigação sanguínea na zona inflamada apresentará uma maior temperatura corporal.

  • Dor: o gato pode manifestá-las de várias formas, com maior inquietude, dificuldade de movimento ou mudanças no apetite.

Remédios naturais para a inflamação nos gatos

Se o seu gato mostra sintomas de inflamação será prioritário que recorra ao veterinário com a maior brevidade possível, uma vez que é muito importante determinar a causa da inflamação. No caso de não se tratar de uma condição grave o veterinário indicará se pode prescindir do tratamento farmacológico e utilizar recursos terapêuticos mais naturais.

Se este é o caso, deve saber que existem vários anti-inflamatórios naturais para gatos, alguns muito simples, mas não menos eficazes. Vejamos quais são:

  • Calor localizado: se tem uma bolsa térmica ou uma bolsa de água quente, tem um anti-inflamatório para o seu gato. Quando aplicamos calor localizado na zona afetada produz-se uma dilatação dos vasos sanguíneos, o que reduz a inflamação e alivia de forma muito rápida a dor.

  • Calêndula: A calêndula é uma planta, de fato, é a melhor planta a utilizar quando a inflamação se associa a feridas. Podemos aplicar tintura desta planta através de uma compressa de água quente sobre a zona afetada, embora o ideal seja adquirir um creme à base de calêndula que não apresente contra-indicações se se aplicar de forma tópica no gato.

  • Vinagre de maçã: O vinagre de maçã é útil para tratar a inflamação uma vez que aumenta os níveis de potássio no organismo do gato, facilitando portanto a depuração do organismo e também de todas as substâncias que fazem parte do processo inflamatório e o agravem. Deve-se acrescentar uma colher de café de vinagre à água do gato, uma vez por dia, renovando a água no dia seguinte.

  • Cúrcuma: A cúrcuma é uma especiaria com várias propriedades medicinais, entre elas, possui atividade anti-inflamatória. Basta acrescentar meia colher de café de cúrcuma à comida do gato, cada dia.

  • Azeite de oliva e peixe azul: Estes alimentos contêm ácidos graxos essenciais e ômega-3, que possuem um importante atividade anti-inflamatória, que além disso, é muito eficaz.

É importante que consulte o seu veterinário antes de aplicar qualquer destes remédios, uma vez que tendo em conta o historial clínico do seu gato, ele poderá confirmar se pode existir algum ripo de contraindicação ou não.

 

Outros conselhos para tratar a inflamação em gatos

Em seguida damos-lhe outros conselhos que ajudarão a que o tratamento natural contra a inflamação seja mais eficaz:

  • Se a zona afetada compromete alguma mobilidade do seu gato é imprescindível que procure com todas as suas forças que ele se mantenha grande parte do dia em repouso, uma vez que quando mais movemos o tecido inflamado, mais ele de inflamará.
  • A dor produzida pela inflamação pode reduzir o apetite do seu gato, assim sendo, deverá alimentá-lo com comida úmida, cheirosa e saborosa.
  • Quando a inflamação se associa a um traumatismo com feridas abertas é importante aplicar um antisséptico (o seu veterinário indicará o melhor) e sempre que for possível não tampar a ferida para assim favorecer uma melhor cicatrização.
  • Devemos procurar que o nosso gato beba toda a água possível e diminuir a presença de sal na sua alimentação, deste modo, reduzira o seu volume corporal e irá melhorar a evolução do tecido inflamado.
  • Não lhe dê anti-inflamatórios de uso humano, poderá resultar em morte do gato.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Anti-inflamatórios naturais para gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.