Partilhar

Alimentação dos peixes betta

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. 8 novembro 2016
Alimentação dos peixes betta

Os peixes betta apresentam uma grande variedade de cores assim como de formas das barbatanas e das caudas, além disso, podemos encontram grandes diferenças entre os peixes macho e fêmea. Trata-se de um peixe cujo aspeto pode chegar a ser muito atrativo, por isso não é de estranhar que seja um dos peixes mais habituais nos aquários domésticos.

Trata-se de um peixe de água doce que pode chegar a atingir os 6,5 centímetros de comprimento, no entanto, no seu habitat natural este tipo de peixe possui uma cor verde pálido, cinza, marrom e vermelhos azulado. Os espécimes de aquário têm como principal característica umas cores brilhantes e chamativas.

Qualquer tipo de betta splendens precisa de uma boa dieta para assim poder desfrutar de um complete estado de bem-estar, assim sendo, neste artigo do Perito Animal dizemos-lhe como é a alimentação dos peixes betta.

Também lhe pode interessar: Qual a alimentação dos girinos

Alimentação artificial para o peixe betta

Apesar de os peixes betta demonstrarem alguma debilidade com alimentos de origem animal o certo é que são omnívoros e podem adaptar-se a um sem-fim de fórmulas artificiais, no entanto, esta não é a melhor opção para os alimentar, pelos como uma forma indefinida, uma vez que isto poderá originar deficiências nutricionais ou problemas de saúde.

Se quer cuidar adequadamente do seu peixe betta é importante que lhes dê os seguintes alimentos congelados, e obviamente, com um tamanho pequeno e adequado à dimensão do peixe (poderá encontrá-los já preparados em lojas especializadas).

  • Krill
  • Camarão
  • Lula
  • Vôngoles
  • Dáfnia
  • Mysis
  • Artemia salina
  • Larvas vermelhas de mosquito
  • Tubifex

É importante quelhes dê este alimento várias vezes ao dia, de forma frequente, mas moderada. O menu deverá ser o mais variado possível.

Alimentação dos peixes betta - Alimentação artificial para o peixe betta

Como alimentar o peixe betta

Muitos peixes, quando são transladados para um aquário doméstico apresentam dificuldades para se habituarem à alimentação e inclusivamente demonstram falta de interesse pelo alimento, no entanto e felizmente, isto não acontece com o peixe betta.

O peixe betta começa a comer de forma regular geralmente depois de estar um dia no seu novo habitat, embora uma alternativa muito boa para gerar um maior interesse no alimentos seja fazer com que o alimento baixe e chegue até ao fundo do aquário.

Desta forma o peixe irá descer rapidamente para saciar a sua curiosidade e ao descobrir que se trata de alimento irá ingeri-lo de forma muito rápida sem pensar muito nisso.

Alimentação dos peixes betta - Como alimentar o peixe betta

Outros conselhos para alimentar adequadamente o seu peixe betta

Como já viu, a alimentação do peixe betta deve ser constituída por uma percentagem mínima de proteínas, mais precisamente 40%, no entanto, alimentos como os flocos para os peixinhos dourados, peixes tropicais e espécies semelhantes não são adequadas para este tipo de peixe.

Também deve assegurar que a alimentação do peixe betta não é excessiva, uma vez que o seu peixe irá comer tudo o que lhe der. Se observar que o seu peixe apresenta uma maior estado de inchaço, experimente reduzir de forma progressiva a quantidade de alimento que lhes costuma dar.

Por último, se conseguir perceber esse inchaço, tente contactar o quanto antes um veterinário, isto porque também se pode tratar de hidropesía, uma situação muito mais grave.

Alimentação dos peixes betta - Outros conselhos para alimentar adequadamente o seu peixe betta

Se deseja ler mais artigos parecidos a Alimentação dos peixes betta, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas equilibradas.

Escrever comentário sobre Alimentação dos peixes betta

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Alimentação dos peixes betta
1 de 4
Alimentação dos peixes betta

Voltar ao topo da página