Partilhar
Partilhar em:

A Mamba Negra, a serpente mais venenosa de África

A Mamba Negra, a serpente mais venenosa de África

A Mamba Negra é uma serpente que pertence à família das Elapidae, o que significa que entra em uma categoria de serpentes altamente venenosas, das que nem todas podem fazer parte e da qual sem sombra de dúvidas a Mamba Negra é a rainha.

Poucas serpentes são tão atrevidas, tão ágeis e tão imprevisíveis como a mamba preta, com elevado perigo associado a estas características, a sua mordida é letal e embora não seja a serpente mais venenosa do mundo (essa espécie encontra-se na Austrália), ocupa o segundo lugar dessa lista. Quer saber mais sobre esta incrível espécie? Então não perca este artigo do Perito Animal onde lhe falamos da Mamba Negra, a serpente mais venenosa de África.

Também lhe pode interessar: As serpentes mais venenosas do mundo

Como é a mamba negra?

A mamba negra é uma serpente originária de África e encontra-se distribuída nas seguintes regiões:

  • Noroeste da República Democrática do Congo
  • Etiópia
  • Somália
  • Este do Uganda
  • Sudão do Sul
  • Malawi
  • Tanzânia
  • Sul de Moçambique
  • Zimbabwe
  • Botswana
  • Quénia
  • Namíbia

Adapta-se a uma grande quantidade de terrenos que vão desde as florestas mais populosas até aos desertos semiáridos, embora raramente vivam em terrenos que superem os 1.000 metros de altitude.

A sua pele pode variar desde a cor verde até ao cinza, mas recebe o seu nome pela cor que se observa no interior da sua cavidade bucal, completamente negro. Pode chegar a medir 4,5 metros de comprimento, pesa aproximadamente 1,6 quilogramas e tem uma esperança de vida de 11 anos.

Trata-se de uma serpente diurna e altamente territorial, que quando vê ameaçado o seu covil é capaz de alcançar uma velocidade surpreendente de 20 km/hora.

A caça da mamba negra

Obviamente uma serpente destas características é um grande predador, mas atua através do método de emboscada.

A mamba preta espera a presa no seu covil permanente, detectando-a principalmente através da visão, então, levanta uma grande parte do seu corpo sobre a terra, morde a presa, liberta o veneno e retira-se. Espera que a presa seja vítima da paralisia originada pelo veneno e morra. Posteriormente aproxima-se e ingere a presa, digerindo-a completamente em um prazo médio de 8 horas.

Por outro lado, quando a presa mostra algum tipo de resistência, a mamba negra ataca de uma forma um pouco diferente, as suas mordidas são mais agressivas e reiteradas, causando desta forma a morte da sua presa de uma forma mais rápida.

O veneno da mamba negra

O veneno da mamba negra denomina-se dendrotoxina, trata-se de uma neurotoxina que atua principalmente causando paralisia dos músculos respiratórios através da ação que exerce sobre o sistema nervoso.

Um ser humano adulto só precisa de 10 a 15 miligramas de dendrotoxina para morrer, por outro lado, com cada mordida, a mamba negra liberta 100 miligramas de veneno, portanto, não há dúvida que a sua mordida é letal. No entanto, conhecê-la através da teoria é fantástico mas evitá-la acaba sendo imprescindível para continuar vivendo.

Se deseja ler mais artigos parecidos a A Mamba Negra, a serpente mais venenosa de África, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre A Mamba Negra, a serpente mais venenosa de África

O que lhe pareceu o artigo?

A Mamba Negra, a serpente mais venenosa de África
1 de 4
A Mamba Negra, a serpente mais venenosa de África