Partilhar

5 erros comuns ao repreender um gato

 
Por Jungla Luque, Etóloga e adestradora canina. 27 agosto 2020
5 erros comuns ao repreender um gato

Ver fichas de  Gatos

O processo de educar um animal é difícil, portanto é preciso muita paciência e calma para que seja o mais simples possível para você e, obviamente, para seu gato. É natural que, depois de um dia de trabalho duro, você tenha menos paciência quando encontra algo destruído em casa ou quando não consegue dormir graças aos seus miados noturnos.

Neste artigo do PeritoAnimal, apresentamos os 5 erros mais comuns ao repreender um gato para que você possa evitá-los e entender melhor seu gato. Este tipo de situação pode originar raiva desproporcional e comportamentos muito inapropriados em relação ao animal que não resolvem nada porque são completamente incompreensíveis para ele (e podem levar ao desenvolvimento de problemas de comportamento a longo prazo!).

Também lhe pode interessar: 5 erros comuns ao repreender um cachorro

1. Não oferecer alternativas

Não compreender o comportamento natural do gato é possivelmente uma das causas mais comuns de conflito em muitos lares. Muitas vezes, existem expectativas erradas sobre como ele deve se comportar, bem como uma falta de compreensão das suas necessidades essenciais. Um exemplo disso é não permitir que um gato arranhe ou bufe para algo que o incomoda, pois os gatos precisam arranhar e se comunicar. Pelo contrário, um felino que não desenvolve muitos destes comportamentos típicos de sua espécie indica claramente que algo não está bem com ele.

Tentar impedir este tipo de comportamento supostamente irritante através de castigos é como não permitir que ele coma ou respire. Consequentemente, o gato se sentirá estressado e tentará realizar esses comportamentos de forma inadequada, arranhando móveis, por exemplo. É por esta razão que é necessário reeducar o felino para que ele direcione estes comportamentos de forma positiva para você e para ele. Seguindo o exemplo anterior, adquirindo um arranhador e redirecionando este comportamento para este elemento. Veja este outro artigo para oferecer ao seu gato um enriquecimento ambiental adequado para gatos.

Da mesma forma, quando existe, comportamentos como miados excessivos, marcação excessiva, agressividade excessiva etc., há uma causa por trás disso que precisa ser localizada para melhorar o bem-estar de seu gato, a qual você não vai encontrar repreendendo ele.

2. Gritar ou agredir fisicamente

A grande maioria dos casos em que um gato é repreendido de forma desproporcional é completamente injustificada, pois ele é incapaz de entender o motivo da sua raiva ou o que ele pode fazer para evitá-la. Isto significa que o gato acaba ficando confuso e associa esta experiência negativa com você. Consequentemente, tais experiências negativas prejudicam claramente seu relacionamento, pois seu gato começará a ter uma resposta emocional temerosa toda vez que o vir, prejudicando a formação de um laço mútuo baseado na confiança e compreensão.

Se você está se perguntando como repreender um gato sem gritar, você precisa estar ciente de que, ao educar um gato, é muito importante ser sutil e evitar gerar emoções negativas que ele possa associar com você. Portanto, ao invés de repreender, você deveria estar desencorajando o gato de tomar ações inadequadas e redirecionando-as da maneira correta. Tenha em mente que o reforço positivo é sempre preferível ao reforço negativo. É por isso que escolher um reforço negativo é um dos principais erros ao repreender um gato.

3. Obrigá-lo a cheirar suas próprias fezes ou urina

Seguindo a linha acima, existe a crença de que é necessário mostrar ao gato suas fezes e/ou urina para que ele entenda que você não quer que ele faça isso em um lugar inadequado. É desnecessário dizer que este tipo de repreensão está longe de formar um processo de aprendizagem para educá-lo a fazer as necessidades adequadamente em sua caixa de areia. Esta ação é, portanto, uma intimidação desnecessária e cruel.

Além disso, descobrir por que o seu gato não está fazendo as necessidades dele corretamente também é necessário. è possível que, por exemplo, a urina fora da bandeja se deva ao estresse, ou que ele não tenha aprendido corretamente onde seu banheiro se encontra. Neste artigo, mostramos as causas mais comuns deste comportamento: por que meu gato não usa a caixa de areia.

4. Ser incoerente

Ao criar um gato, é muito importante que o tutor ou tutora seja coerente em sua forma de agir. O que isso significa? Com isto queremos dizer que você não pode repreender seu gato por algo que às vezes você permite que ele faça. Por exemplo, se você não quiser que ele suba na mesa, nunca deixe que ele suba. Se às vezes você é permissivo, ou se alguém de sua família permite que ele suba, seu gato não vai entender que existe uma causa e um efeito entre sua ação e sua resposta, o que vai deixá-lo desorientado e inseguro porque não será capaz de entender e prever suas reações. Isto também significa ser consistente na criação do gato desde o momento em que é filhote, para que você não permita que faça algo que não quer que ele faça como adulto, para que você não o confunda.

5. Corrigir tarde

Finalmente, um dos erros mais comuns que muitos proprietários cometem quando querem educar seus gatos é tentar corrigi-los depois de terem feito algo que é considerado inadequado. Por exemplo, repreender o seu gato quando chegar em casa e vê que ele fez uma bagunça. Neste tipo de situação, por mais que você entenda do que se trata essa bronca, seu gato é simplesmente incapaz de entender a causa de sua raiva e começará a se sentir inseguro com você.

Mais uma vez, fornecer o enriquecimento ambiental correto, ser consistente e coerente na criação de seu gato e optar por um reforço positivo será a chave do sucesso. No entanto, nem todos os gatos aprendem igualmente rápido, por isso você precisará ser paciente.

Se você gostou desse artigo, não perca este vídeo sobre as 15 coisas que você nunca deve fazer com o seu gato:

Se deseja ler mais artigos parecidos a 5 erros comuns ao repreender um gato, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação básica.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

5 erros comuns ao repreender um gato
5 erros comuns ao repreender um gato

Voltar ao topo da página